Busca

Notícias

conteúdo principal

StarUP Pará

01/10/2021

Sectet e Fundação Guamá firmam contrato de gestão para execução do StartUP Pará

Programa prevê o lançamento de até dez novos editais 

Com o objetivo de apoiar projetos e empreendimentos voltados à criação ou implementação de soluções de base tecnológica com perfil inovador, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) e a Fundação Guamá firmaram um contrato de gestão para a execução do Programa StartUP Pará. 

A assinatura do contrato é resultado do edital 006/2021, aberto pela Sectet para selecionar a organização responsável pela execução de serviços técnicos especializados.

“Acreditamos que a Fundação Guamá, selecionada do Chamamento Público, irá contribuir na execução das metas estabelecidas no programa. Essa exteriorização de ações com a Fundação Guamá mostra-se muito importante no cenário atual de conciliação entre ciência, tecnologia, inovação e o crescimento econômico”, afirma a coordenadora do StartUP Pará, Maria Trindade. 

Idealizado pelo titular da Sectet, Carlos Edilson de Almeida Maneschy, o Programa SartUP Pará estabelece a Estratégia Estadual para o Empreendedorismo de Base Tecnológica, bem como os procedimentos relacionados ao apoio do Governo do Pará a iniciativas inovadoras. 

“Os editais planejados farão grande diferença às empresas e instituições de ciência e tecnologia, com a forte perspectiva de consolidar um novo modelo de desenvolvimento econômico com base em inovação. Levaremos ao StartUP Pará a tecnologia e a experiência da Fundação Guamá em ações de estímulo ao empreendedorismo regional, adquiridas nos vários programas que já executamos”, pontua o diretor presidente da Fundação Guamá, Rodrigo Quites.

Histórico

O ciclo do primeiro edital do programa, lançado em 2020, está sendo finalizado. Nos próximos dias, o Governo deve anunciar as 20 startups que receberão subvenção econômica do Estado, ou seja, aplicação de recursos públicos que não precisam ser reembolsados.

A primeira edição foi uma realização da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa),  Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad) e Sectet. Em junho de 2021, a Fundação Guamá assumiu a execução técnica através de um chamamento público.

O lançamento do segundo edital, já inserido no contexto do novo convênio firmado com a Fundação Guamá, está previsto para o mês de outubro.

Texto: Juliane Frazão (Ascom/PCTGuamá)