Busca

Notícias

Início » Notícias » Guamá recebe as ações do projeto “Mapas Digitais”
conteúdo principal

Guamá recebe as ações do projeto “Mapas Digitais”

31/10/2019

Moradores do bairro do Guamá, em Belém, conheceram as diretrizes do projeto “Mapas Digitais”, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA). A reunião com a comunidade foi realizada na noite da terça-feira (29), no Lar Fabiano de Cristo. O projeto está sendo implantado inicialmente nos bairros que recebem as ações do Programa Territórios Pela Paz (TerPaz), do governo do Estado.

O coordenador do “Mapas Digitais”, Paulo Melo, professor da UFPA, apresentou o projeto aos moradores enfatizando a importância da cartografia para o mapeamento das questões sociais. “Normalmente há informações gerais como o percentual de áreas possíveis de alagamento numa cidade; ou número geral de ruas sem arborização. É preciso, no entanto, localizar com maior precisão onde estão essas áreas para que o poder público tome medidas eficientes”, explica o professor.

É essa localização exata dos problemas o objetivo principal do projeto, que também se destina a ser um apoio aos moradores e visitantes quando se trata de encontrar com mais facilidade logradouros como escolas, feiras, hospitais e postos de saúde, praças, comércios, entre outros. Depois de realizada a cartografia dos bairros, as informações estarão disponíveis em aplicativos para celulares.

Trabalho conjunto - Os moradores irão participar diretamente da elaboração dos mapas. Serão selecionados estudantes universitários que morem no bairro para atuar no projeto como bolsistas. Será feito um processo de seleção em que os interessados serão entrevistados e passarão por treinamento para realizar o levantamento de dados.

“Mesmo os estudantes não selecionados como bolsistas poderão participar na condição de voluntários e receberão certificado emitido pela UFPA”, ressalta Paulo Melo. Os voluntários também poderão fazer a oficina de treinamento para o levantamento cartográfico de cada bairro onde o projeto é realizado.

Inscrições – A equipe do “Mapas Digitais” estará no lar Fabiano de Cristo no dia 5/11 (terça-feira) para receber a documentação dos estudantes interessados, que devem levar RG, CPF, comprovante de residência do bairro e comprovante de matrícula em instituição de ensino superior pública ou privada.

Texto: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)
Fotos: divulgação do projeto