Busca

Notícias

conteúdo principal

Eetepa Dr. Celso Malcher comemora três anos com diversas atividades nesta terça-feira (28)

28/09/2021

A Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) Dr. Celso Malcher integra a rede de unidades sob a gestão da Sectet, desde 2020

“Aqui eu amadureci, aprendi a ter pensamentos grandes, eles me fizeram acreditar que tudo eu posso fazer, basta eu querer”. Assim, a estudante Jennyfer Coelho definiu a sua relação com a Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) Dr. Celso Malcher, que completou três anos em meio a um dia repleto de comemorações e atividades nesta terça-feira (28).

Prestes a completar 18 anos e moradora do bairro da Terra Firme, em Belém, Jennyfer considera que a escola Dr. Celso Malcher foi um espaço de amadurecimento, assim como um aprendizado para a vida universitária. “Ela (a escola técnica) mostra como a faculdade é, os professores trouxeram como a faculdade vai lidar com os alunos”, ressalta a aluna, contando sobre a vida estudantil envolta a cobranças, trabalhos e cursos. Ela explica que conclui o curso técnico em informática no próximo ano e já vai realizar a prova do Enem 2021, além de ter planos para fazer outros cursos na escola, como enfermagem, administração e robótica.Diretor presidente da Fundação Guamá, gestora do PCT Guamá, Rodrigo Quites, incentiva alunos a participarem de projetos do Parque

Aclamada pelos alunos, durante a cerimônia de abertura das comemorações, a professora de sociologia, Vitória Dias, também declarou toda sua paixão pela escola, pelos alunos e pela profissão. “Vocês são os amores da minha vida, a escola é a minha vida, agradeço por estar representando os profissionais maravilhosos que aqui trabalham”, falou emocionada a professora, com 37 anos de profissão.
O clima de festa e união durante o dia mostrou a dedicação dos profissionais e alunos para garantir o desenvolvimento da escola e o aumento das atividades realizadas, o que se configura com grandes chances para os estudantes que se qualificam na escola.

“Aproveitem as oportunidades que a vida oferece. Não tenham dúvidas de que fizeram a escolha certa estando aqui. A educação é a melhor forma de crescer”, destacou o professor Salin Correa, que já foi vice-diretor da Eetepa Celso Malcher.Estudantes no Laboratório de Criação, Tecnologia e Inovação da Eetepa Dr. Celso Malcher

Para a atual diretora, Izabel Lopes, o momento foi de muita alegria e de matar a saudade da sala de aula, algo que se tornou difícil com a pandemia. “A palavra resiliência cabe bem nos dias atuais. Estamos reaprendendo a aprender. Que toda esta resistência que existiu agora cause o desejo de buscar o novo, lutar contra as dificuldades e que nossos alunos saiam como excelentes profissionais e que retratem essa equipe maravilhosa de professores”, desejou a diretora.
A cerimônia no ginásio da escola teve ainda uma apresentação cultural e o tradicional “parabéns para você”. O dia seguiu ainda com diversas atividades para marcar a data, entre elas uma apresentação dos alunos do curso técnico em segurança do trabalho que mostraram técnicas de combate a incêndio e a apresentação do novo laboratório de robótica da escola. 

A Eetepa Dr. Celso Malcher faz parte da rede de escolas que estão sob a gestão da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) desde 2020. Com isso, o Governo do Pará consegue ampliar o olhar sob o ensino técnico no estado, intensificando a integração do ensino médio regular a uma educação profissional e tecnológica, dentro da rede de escolas técnicas já existente, buscando ainda ampliar a rede, alcançando mais municípios, ajudando a fomentar a vocação econômica das diversas regiões paraenses.

Eetepa e o PCT Guamá
A Eetepa Dr. Celso Malcher está localizada na área do Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá. Segundo o diretor presidente da Fundação Guamá, organização responsável pela gestão do parque tecnológico, a possibilidade de integração entre a escola e as iniciativas residentes é um ponto positivo na formação dos alunos.

“Temos a intenção de promover uma integração forte com as empresas que atuam no parque, principalmente as que trabalham com o desenvolvimento de software, considerando que informática é uma das áreas temáticas da escola. Temos planejado o início de algumas atividades de capacitação para os alunos e, no futuro, a gente imagina eles possam atuar nos projetos das empresas e laboratórios do Parque”, afirma Rodrigo Quites.

Desde 2019, quatorze alunos da Dr. Celso Malcher já participaram de projetos de iniciação científica. Um dos exemplos recentes é o projeto “Práticas gerenciais de mulheres empreendedoras”, promovido pela Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Pará (Facicon/UFPA).

“Como além de ser professora da UFPA eu sou residente do PCT Guamá, nós optamos por solicitar aqui na escola a seleção de duas bolsistas Pibic Ensino Médio para o projeto. Vamos trazer essas alunas pro mundo da pesquisa científica, fazendo essa interação entre a pesquisa e a realidade social”, conta a professora Marcia Athayde, coordenadora do projeto.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) e Juliane Frazão (Ascom/PCT Guamá)
Fotos: PCT Guamá