Busca

Notícias

Início » Notícias » “Diálogos da Inovação” debate pesca e aquicultura na região nordeste do estado
conteúdo principal

“Diálogos da Inovação” debate pesca e aquicultura na região nordeste do estado

27/06/2018

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) realiza nesta quinta-feira (28), às 9h, na Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), mais um “Diálogos da Inovação”. Desta vez, o tema abordado será "Perspectivas de Desenvolvimento do Setor de Pesca e Aquicultura na Região do Nordeste Paraense".

Segundo a coordenadora de Apoio ao Empreendedorismo e à Inovação (CAEI) da Sectet, Amarílis Aragão Dias, o 2º “Diálogos da Inovação” busca prover discussões acerca de assuntos importantes no âmbito da estruturação de um ambiente inovador no que tange à pesca e a aquicultura, bem como fomentar os setores na região nordeste do estado. “Existem coisas que só a inovação pode agregar, e nisso utilizar a inserção da ciência e tecnologia na alimentação, nutrição, medicamentos, bem como na estrutura dos tanques de piscicultura, entre outros”, disse Amarílis.

A aquicultura é a ciência que estuda técnicas de cultivo não só de peixes, mas também de crustáceos, moluscos, algas e outros organismos que vivem em ambientes aquáticos, ou seja, ela visa à criação de forma doméstica. Já a pesca busca adquirir esses animais da natureza de forma extrativista.

O Pará tem o setor de pesca e aquicultura muito fortes, em especial a região nordeste do estado, onde a produção de peixes e demais animais aquáticos podem ser criados e comercializados de maneira abundante.

Convênios

Pensando nisso, dois convênios foram assinados entre a Sectet, a Fundação Amazônia de Amparo à Pesquisa (Fapespa), a Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), em Bragança, região do Salgado. Os convênios são realizados no âmbito do Inova Pará, programa, coordenado pela Secretaria, que apoia a criação de Sistemas Regionais de Inovação (SRI) a fim de que propiciem suporte necessário à agregação de valor das cadeias produtivas estratégicas. Em sua concepção, o Inova Pará acredita no potencial produtivo e inovador das distintas regiões do estado.

O primeiro convênio, firmado em janeiro de 2017 com a UFPA, apoia a implantação do Centro de Pesquisas em Aquicultura (Ceanpa) do município, com o objetivo de desenvolver a produção inovadora de alevinos, assim potencializando a economia daquela região no campo da piscicultura e aquicultura, com formação, igualmente, de pessoal qualificado em engenharia de pesca e biologia ambiental. Já o segundo, assinado com o IFPA em fevereiro do mesmo ano, garante apoio às atividades do Centro de Piscicultura do Instituto (Cepis), que fortalece o Polo Científico e Tecnológico de Bragança.

Programação

Durante a segunda edição do “Diálogos da Inovação”, o professor doutor Oswaldo Gomes de Souza Júnior, da UFPA, abordará especificamente a pesca. Em seguida, o professor doutor Lian Valente Brandão, IFPA-Castanhal, falará sobre aquicultura no nordeste do Pará. Para finalizar, o doutor Sérgio Alves da organização social (OS) BioTec-Amazônia fará a explanação do tema do evento contextualizando com o trabalho desenvolvido pela OS.

O evento é aberto ao público em geral, e já confirmaram presença os servidores da Sectet, Sedeme, Sudam, gestores da Biotec-Amazônia, setores produtivos, entre outros.

Serviço

Local: Sala de reunião do Espaço VIP da Faepa

Endereço: Av. Dr. Moraes, 21 – Nazaré. Belém/PA

Horário: De 9h às 12h

 

Texto: Maryane Brito (Ascom/Sectet)